As últimas de Valinhos

Camâra de Valinhos

Plenário derruba veto a projeto que autoriza proprietários de imóveis providenciarem poda e corte de árvores

Os vereadores derrubaram com 14 votos, na sessão desta terça-feira (28), o veto do Poder Executivo ao projeto de lei que autoriza os proprietários de imóveis contratarem empresas para fazerem o serviço de poda e corte das árvores localizadas em suas calçadas ou dentro de seus terrenos. Com a decisão do plenário, o prefeito Orestes Previtale (PSB) deverá sancionar a lei em 48h. Caso contrário, caberá ao presidente da Câmara, vereador Israel Scupenaro (MDB), promulgá-la.

 

O projeto é de autoria do vereador Mauro Penido (PPS) e foi aprovado na Câmara em junho. Para fundamentar o veto total à proposta, o Poder Executivo alegou que o texto era inconstitucional. No entanto, o Departamento Jurídico da Câmara, que já havia se posicionado favoravelmente à legalidade do projeto, recomendou aos vereadores que o veto fosse rejeitado.

 

De acordo com o projeto de lei, a contratação e pagamento da empresa para remoção ou poda de árvores serão de responsabilidade do munícipe. A empresa escolhida deverá ser habilitada, com profissionais técnicos capacitados, e deverá seguir normas da Prefeitura para a execução dos serviços.  Os reparos necessários no calçamento após a remoção e destoca também serão de responsabilidade do morador, que deverá providenciar os serviços em até 30 dias.

 

No caso de remoção de árvores, o projeto obriga o plantio de uma nova árvore no mesmo local. A espécie a ser plantada deverá ser indicada pelo órgão competente da municipalidade.

 

Durante a discussão em plenário, o vereador Mauro Penido refutou os argumentos utilizados pelo Executivo para vetar a proposta. “O projeto não altera ou atribui competência a qualquer órgão da prefeitura. Criação de despesa: o projeto, pelo contrário, irá diminuir custos da Prefeitura, uma vez que a dimensão e solicitação dos serviços para a municipalidade vão diminuir. Violação da lei de livre iniciativa: essa lei não viola porque as empresas particulares poderão atuar na atividade de remoção de árvores já existentes (...) Só no 156 tem 976 pedidos de remoção ou poda de árvores”, informou.

 

Para o vereador Alécio Cau (PDT), é papel da Câmara buscar alternativas para os problemas da Prefeitura. “Esse projeto tem esse objetivo, de propor uma solução para um problema que a municipalidade vem enfrentando. Assim como eu, acredito que os demais vereadores já foram cobrados por problemas relacionados às árvores nas áreas urbanas”, afirmou.

 

O vereador André Amaral (PSDB) criticou o que chamou de excesso de burocracia que existe no Estado brasileiro, que, segundo ele, limita a liberdade de as pessoas tomarem suas decisões. “Nós precisamos ter a possibilidade de que essas pessoas ajam por si mesmas e até desonere o Estado. Estamos vivendo uma situação de crise e essa é uma solução proposta para que as próprias pessoas possam resolver os seus problemas (...) Eu vejo como necessário que o veto seja derrubado e que o projeto seja colocado em prática para que a população, que tanto cobra agilidade no serviço público, possa fazer esse serviço”, discursou.

 

O vereador Franklin (PSDB) lembrou que a arborização das ruas de Valinhos é um problema antigo, já que árvores plantadas de forma inadequada no passado passaram a prejudicar moradores. “A Prefeitura, infelizmente, não tem condição de cuidar, mas ela não cuida e não deixa o munícipe cuidar (...) Ninguém está sendo contra a arborização. Estamos criando regras para que as pessoas tirem a árvore e plantem novamente”, concluiu.

 

Também discursaram favoravelmente ao veto os vereadores Henrique Conti (PV) e Aguiar (PSDB).

 

A vereadora Dalva Berto (MDB) justificou ausência na sessão e o vereador César Rocha (Rede) não se estava no plenário no momento da votação. Já o presidente Israel Scupenaro (MDB) vota apenas em caso de empate.

 

 

Veto mantido

 

Na sessão, os vereadores também analisaram o veto ao projeto do vereador Henrique Conti que previa redução no valor do IPTU para terrenos que possuírem área cultivada com fins educacionais, de subsistência e comunitários. O veto foi mantido com votos contrários do vereador Conti, Mônica Morandi (PDT), Mauro Penido (PPS) e Edson Secafim (Progressistas). O vereador Alécio Cau (PDT), seguindo o parecer jurídico da Câmara, sugeriu que o veto fosse mantido e que a proposta fosse tratada por meio de emendas ao projeto que altera o Código Tributário do Município, em análise atualmente na Câmara.

 



Notícias relacionadas

  • Sessão da Câmara tem três vetos do prefeito Orestes rejeitados em plenário; dois foram mantidos

    Os vereadores rejeitaram três vetos do prefeito Orestes Previtale (PSB) a projetos de lei…

    leia mais leia mais
  • Vereadores rejeitam vetos do prefeito a projetos ligados à causa animal

    Os vereadores rejeitaram na sessão desta terça-feira (16), por unanimidade dos presentes nas…

    leia mais leia mais
  • Veto ao uso de contêineres para residência e comércio deve ser discutido nesta terça-feira, 4

    Os vereadores devem discutir na sessão desta terça-feira (4) o veto total do Poder Executivo ao…

    leia mais leia mais
  • Plenário mantém quatro vetos do Poder Executivo

      O plenário manteve, na sessão desta terça-feira (28), quatro vetos do Poder Executivo a…

    leia mais leia mais
  • Vereadores mantêm veto do prefeito Orestes Previtale a cinco projetos de lei

      Os vereadores decidiram manter, na sessão desta terça-feira (31), cinco vetos do prefeito…

    leia mais leia mais
  • Indicações do vereador Veiga pedem retirada de tocos de árvores em vias públicas

    O vereador Veiga (DEM) apresentou indicações, na sessão desta terça-feira (2), solicitando a…

    leia mais leia mais
  • Vereadores aprovam projeto para mapear espécies plantadas em projetos de arborização urbana

    Os vereadores aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira (26) projeto de lei do…

    leia mais leia mais
  • Conti quer justificativa para corte de árvores no bairro Chácara São Bento

    O vereador Henrique Conti (PV) apresentou requerimento, na sessão desta terça-feira (19),…

    leia mais leia mais
  • Cinco vetos do Executivo a projetos de lei estão na pauta da sessão desta terça-feira (26)

    Os vereadores devem apreciar na sessão desta terça-feira (26) cinco vetos do Poder Executivo a…

    leia mais leia mais
  • Vereadores derrubam veto a projeto que prevê telhado verde e jardim vertical em imóveis

    Os vereadores derrubaram o veto total do prefeito Orestes Previtale (PSB) ao projeto de lei dos…

    leia mais leia mais
Câmara Municipal de Valhinhos
Notícias
  • Câmara sedia lançamento da Campanha da Fraternidade 2020 em Valinhos

    A Câmara, com apoio de paróquias da igreja católica em Valinhos, recebe o lançamento da Campanha…

    leia mais leia mais
  • Câmara suspende atendimento durante o Carnaval; atividades retornam no dia 27

      O atendimento ao público na Câmara de Valinhos será suspenso nos dias 24, 25 e 26, em razão do…

    leia mais leia mais
  • Câmara sedia audiências públicas na quinta e sexta-feira

      A Câmara sedia duas audiências públicas nos dias 27 (quinta-feira) e 28 (sexta-feira) para…

    leia mais leia mais
  • CPI das Contrapartidas inicia fase de oitivas

      Os vereadores que fazem parte da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga…

    leia mais leia mais
  • Mayr propõe isentar do IPTU imóvel atingido por enchentes

    O vereador Mayr (PV) protocolou na sessão de terça, 18, projeto de lei isentando proprietários de…

    leia mais leia mais
  • Vereadores abrem CPI para investigar possíveis irregularidades nos radares de Valinhos

      Os vereadores instalaram, na sessão desta terça-feira (18), uma CPI (Comissão Parlamentar de…

    leia mais leia mais
  • Moradores apelam à Câmara contra mudança no trânsito na região do Parque dos Cocais

      Moradores do Condomínio Itapema, localizado na região do Parque dos Cocais, fizeram um…

    leia mais leia mais
  • Câmara homenageia cidadãos honorários na quarta, 19

    A Câmara entrega o título de Cidadão Honorário a cinco moradores de Valinhos na quarta, 19.…

    leia mais leia mais
  • Requerimentos e moções somam mais de 20 itens na sessão de terça-feira (18)

      Os vereadores devem votar na sessão desta terça-feira (18) pelo menos 20 itens, entre…

    leia mais leia mais
  • Vereadores querem permitir que proprietários contratem empresas para cortarem árvores nas calçadas

    Na sessão da última terça, 11, um grupo de seis vereadores protocolou projeto de lei autorizando…

    leia mais leia mais
Arquivo de Noticias
Hino de Valinhos