As últimas de Valinhos

Camâra de Valinhos

Valiprev aprovado na Câmara passa a valer em agosto

Instituto de Previdência vai administrar benefícios dos servidores efetivos da Prefeitura, Câmara e DAEV

 

O prefeito Clayton Machado sancionou a lei que cria o regime próprio de previdência dos servidores públicos municipais e o instituto Valiprev. A partir de agosto, os funcionários públicos efetivos da Câmara, da Prefeitura e do DAEV – Departamento de Águas e Esgotos – não vão mais contribuir com o INSS para garantir a aposentadoria e outras vantagens, como auxílio doença. Todos os benefícios serão concedidos pelo Valiprev. A publicação da lei ocorreu na edição da Imprensa Oficial desta sexta-feira (12/07).
 
O projeto de lei que criou o regime de previdência esteve em tramitação na Câmara desde o início do ano e, neste período, recebeu mudanças sugeridas pelo vereador e presidente da Câmara, Lorival Messias de Oliveira (PT). Ao todo, dez emendas foram apresentadas e aprovadas pelo plenário. As alterações foram pontuais e, na prática, aumentaram o poder dos servidores efetivos na condução do Conselho Administrativo do Valiprev.
 
Durante a tramitação do projeto, a Câmara recebeu a visita do advogado Fernando Stein, que proferiu palestra aos servidores, tanto da Câmara quanto da Prefeitura e do DAEV, para explicar o impacto do novo regime de previdência nos cofres públicos e na concessão de benefícios aos funcionários.
 
O presidente Lorival ressaltou a importância de se oferecer espaço na Câmara para que todos os servidores pudessem tirar dúvidas. “Trata-se de uma postura de transparência e de respeito. Esse projeto é muito importante e nada mais justo que os funcionários, que serão diretamente impactados pela mudança, participem da discussão”, afirmou Lorival na ocasião.
 
De acordo com o advogado Fernando Stein – especialista no assunto e responsável pela implantação de regimes próprios em várias cidades do Estado - a Prefeitura precisava, com urgência, promover mudanças na atual forma de concessão dos benefícios.  A justificativa é que o Tribunal de Contas rejeita o pagamento de complementações nas aposentadorias, o que vinha sendo praticado pela Administração. “A Constituição Federal é clara quando diz que o regime de previdência é de caráter contributivo”, alertou o advogado. 


 

Servidor pode receber aposentadoria acima do teto do INSS

  
Com a instituição do Valiprev, o servidor aposentado terá direito de receber valor maior que o teto do INSS, no entanto, ele deverá contribuir com 11% em cima do valor excedente. Por exemplo, uma pessoa pode receber R$ 6.159,00 de aposentadoria, mas como o valor está acima do teto do INSS – atualmente R$ 4.159,00 - ela terá que contribuir com base no valor excedente, no caso R$ 2 mil. “Os 11% é uma exigência de lei federal. Todo regime próprio não pode ter alíquota menor que essa. Os servidores vão pagar o mínimo possível em Valinhos”, explicou o advogado Fernando Stein. 
 

Quem atualmente recebe da Prefeitura complementação da aposentadoria vai continuar com o benefício. O que muda é a contribuição que deverá se feita ao Valiprev. “Quando a lei entrar em vigor, a Administração não pagará mais novas complementações, só ficará com as antigas. Tudo deverá ser pago pelo Valiprev”, afirmou Stein.

Os benefícios para a cidade e para os funcionários públicos efetivos são maiores do que os concedidos para aqueles que trabalham na iniciativa privada e dependem do INSS, segundo o advogado. Além da possibilidade de se aposentar com o salário integral ou com a média dos 80% maiores salários recebidos, o servidor não terá a aplicação do fator previdenciário, o que, na prática, reduz o valor das aposentadorias.
 
O atendimento aos funcionários também será mais ágil no Valiprev. A explicação é que o instituto vai administrar as contribuições de um número reduzido de trabalhadores, diferentemente do que ocorre no INSS. 

 

 

Ministério da Previdência destaca economia aos cofres públicos
 e investimentos em outras áreas

 
A implantação do regime próprio de previdência dos servidores efetivos de Valinhos vai possibilitar economia aos cofres públicos. Como acontece no regime geral do INSS, a Prefeitura precisa contribuir com valor mensal da mesma forma que os funcionários contribuem. No entanto, a contribuição patronal, como é chamado esse valor pago pela Administração, será menor no Valiprev.
 
De acordo com o Ministério da Previdência Social, a economia conquistada em outras cidades possibilitou investimentos em áreas importantes, como saúde e educação.
  
 
 

Administração do Valiprev será exercida pelos servidores

 
Os próprios servidores serão os responsáveis por administrar o Valiprev. O instituto será formado por profissionais nomeados pelo prefeito e por servidores, que serão eleitos de forma direta e secreta.
 
A administração dos recursos previdenciários está sujeita às regras do Conselho Monetário Nacional, às regras estabelecidas pela lei, que será aprovada na Câmara, e à Política de Investimentos que o Conselho de Administração do VALIPREV deverá aprovar anualmente. O regime próprio será regulado, ainda, por regras rígidas previstas em uma extensa legislação federal.

 
Tire suas dúvidas em Perguntas e respostas sobre o Valiprev

O Ministério da Previdência Social elaborou cartilha que mostra os avanços do regime próprio de previdência. Veja aqui

 



Notícias relacionadas

  • Advogado tira dúvidas de servidores sobre o regime de previdência Valiprev

      Os funcionários públicos efetivos da Prefeitura de Valinhos e também do DAEV - Departamento…

    leia mais leia mais
  • Relatório da CPI do Valiprev será encaminhado ao Ministério Público

    O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito aberta para investigar possíveis…

    leia mais leia mais
  • Relatório final da CPI do Valiprev está na pauta da sessão desta terça-feira (23) 

      Os vereadores devem votar na sessão desta terça-feira (23) o projeto de resolução que aprova o…

    leia mais leia mais
  • CPI do Valiprev encerra fase de oitivas

    A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga supostas irregularidades no concurso público do…

    leia mais leia mais
  • CPI ouve presidente do Conselho Administrativo do Valiprev

    A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga supostas irregularidades no concurso…

    leia mais leia mais
  • CPI do Valiprev marca oitivas para os dias 16 e 20

        A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga supostas irregularidades no concurso…

    leia mais leia mais
  • Presidente do Instituto INDEC presta depoimento na CPI do Valiprev

    O presidente do Instituto INDEC, responsável pela organização do concurso público do Valiprev,…

    leia mais leia mais
  • Testemunhas são ouvidas na CPI do Valiprev

    A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga supostas irregularidades no concurso público do…

    leia mais leia mais
  • Câmara aprova dois projetos sobre Valiprev

    Os vereadores aprovaram com 11 votos favoráveis em segunda discussão durante sessão extraordinária…

    leia mais leia mais
  • Projeto que proíbe zoológicos e parques que mantêm aprisionados animais exóticos e silvestres em Valinhos é aprovado

    Os vereadores aprovaram por unanimidade, na sessão desta terça-feira (15), projeto de lei do…

    leia mais leia mais
Câmara Municipal de Valhinhos
Notícias
  • Câmara homenageia cidadãos honorários na quarta, 19

    A Câmara entrega o título de Cidadão Honorário a cinco moradores de Valinhos na quarta, 19.…

    leia mais leia mais
  • Requerimentos e moções somam mais de 20 itens na sessão de terça-feira (18)

      Os vereadores devem votar na sessão desta terça-feira (18) pelo menos 20 itens, entre…

    leia mais leia mais
  • Vereadores querem permitir que proprietários contratem empresas para cortarem árvores nas calçadas

    Na sessão da última terça, 11, um grupo de seis vereadores protocolou projeto de lei autorizando…

    leia mais leia mais
  • César Rocha quer feira de adoção para animais cuidados pela prefeitura

    O vereador César Rocha (Rede) apresentou projeto de lei criando um sistema de feiras de adoção…

    leia mais leia mais
  • Giba pede programa municipal para identificação de animais por microchips

      Foi aprovada na sessão desta terça-feira (11) moção de autoria do vereador Giba (MDB), que pede…

    leia mais leia mais
  • CPI das Contrapartidas faz reunião e decide realizar oitivas

      A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga possíveis irregularidades na aplicação…

    leia mais leia mais
  • Vereadores aprovam emenda impositiva para indicação de obras, serviços e ações no orçamento municipal

      Os vereadores aprovaram na sessão desta terça-feira (11) o projeto de Emenda à Lei Orgânica do…

    leia mais leia mais
  • Emenda impositiva no Orçamento Municipal está na pauta da sessão

      O projeto de Emenda à Lei Orgânica do Município que permite aos vereadores de Valinhos…

    leia mais leia mais
  • Presidente da Câmara faz defesa das entidades assistenciais de Valinhos no Parlamento Metropolitano

      A presidente da Câmara, vereadora Dalva Berto (MDB), esteve na manhã desta sexta-feira (7) na…

    leia mais leia mais
  • Cronômetro com contagem regressiva do tempo agiliza sessão ordinária

      Os vereadores retomaram a sessão ordinária na Câmara de Valinhos nesta terça-feira (4) com uma…

    leia mais leia mais
Arquivo de Noticias
Hino de Valinhos